2 de outubro de 2019

InPACTO cria instrumento para gerenciamento de risco de trabalho escravo e infantil em cadeias produtivas

InPACTO apresenta o IVTE em audiência pública no Congresso Nacional.

O InPACTO tem avançado no uso de tecnologias para o combate ao trabalho escravo e trabalho infantil. Na busca por soluções que contribuam para a prevenção e erradicação do trabalho escravo, o instituto tem se debruçado, desde 2017, na análise e cruzamento de dados socioeconômicos e informações sobre trabalho escravo para identificar a vulnerabilidade à exploração de trabalhadores em municípios brasileiros. Assim nasceu o Índice de Vulnerabilidade ao Trabalho Escravo (IVTE), atualmente em fase de teste com foco no estado de Minas Gerais.

Apresentado em diversos fóruns nacionais e internacionais, o IVTE tem sido reconhecido como um caminho inovador para aprimorar o combate ao trabalho escravo no Brasil. A proposta é tornar estas análises acessíveis para que empresas e setores possam priorizar ações de prevenção de trabalho escravo em suas cadeias produtivas.

O projeto-piloto do IVTE foi desenvolvido em 2018 para a JBS, em parceria com a Agrotools, com o recorte do setor da pecuária na Amazônia Legal. Associando numa mesma base georreferenciada dados ambientais e sociais de 400 municípios monitorados por satélite, a iniciativa trouxe para a JBS a possibilidade de fortalecer os seus instrumentos de prevenção de trabalho escravo em seus negócios. Como resultado, os 772 municípios da região hoje estão classificados em cinco níveis de risco.

Agora, o IVTE chega a Minas Gerais, com um banco de dados que contempla os 853 municípios do estado e fornece informações sobre a qualidade da gestão do serviço público, o status econômico de cada cidade, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), as desigualdades, a existência ou não de programas sociais como o Bolsa Família, fluxos migratórios, desemprego, educação, entre outras. O objetivo desta fase é testar a usabilidade do IVTE com um grupo de empresas associadas. O InPACTO também convidará um grupo técnico consultivo, formado por especialistas, para conhecer a metodologia adotada e contribuir com a consolidação do índice. O próximo passo será expandir o IVTE para todo o Brasil e disponibilizá-lo para todos os membros do InPACTO.

InPACTO apresenta IVTE nos EUA em eventos do setor cafeeiro

Boston e Amherst

Em abril deste ano, a diretora executiva do InPACTO, Mércia Silva, e a coordenadora de projetos do instituto, Daniele Martins, viajaram para os Estados Unidos para participar de reuniões sobre desafios, oportunidades e estratégias futuras para o setor do café no atual contexto brasileiro. O InPACTO é coordenador do diálogo com stakeholders do setor cafeeiro, por meio do projeto Mesa de Café Brasil. 

Na ocasião, Daniele Martins apresentou o Índice de Vulnerabilidade do Trabalho Escravo para a Verité, durante visita à sede da ONG, em Amherst. Instrumento de combate ao trabalho escravo a partir da análise e do cruzamento de dados socioeconômicos e informações sobre o tema, a iniciativa traz novas possibilidades para o gerenciamento de risco de trabalho escravo em cadeias produtivas. Desde novembro de 2018, quando apresentou o IVTE na Semana Internacional do Café, em Belo Horizonte, Minas Gerais, o InPACTO despertou o interesse do setor pelo mapa de risco criado a partir do índice.

Ainda em Amherst, a diretora Mércia Silva falou sobre o InPACTO para a equipe da Verité e ministrou uma aula especial na Universidade de Massachusetts sobre trabalho escravo moderno.

Trabalho escravo moderno é tema de aula na Universidade de
Massachusetts ministrada por Mércia Silva.

As estratégias brasileiras para o setor do café também foram debatidas pelo InPACTO em Boston (EUA), durante o evento anual da Specialty Coffee Expo, feira que reúne as principais organizações internacionais do setor. O InPACTO, que tem a Verité como um de seus parceiros no Mesa de Café Brasil, acompanhou a ONG em reuniões realizadas durante o evento.

Chicago

Outra importante participação internacional do InPACTO se deu no Sustainable Coffee Challenge’s: Labor Action Network, realizado na cidade de Chicago, em julho deste ano. Mais um espaço onde foram apresentadas as potencialidades do IVTE como instrumento para empresas que compram café brasileiro.

InPACTO debate estratégias do Brasil para o setor do café na Specialty Coffee Expo.

A rede Sustainable Coffee Challenge’s é um esforço colaborativo de empresas, governos, ONGs e instituições de pesquisa organizada pela Conservation International e pela empresa Starbucks e já conta com mais de 100 parceiros dedicados à sustentabilidade do café no mundo.

Para saber mais sobre essa iniciativa, entre em contato com: Mércia Silva – Diretora Executiva (mercia@inpacto.org.br) e Daniele Martins – Coordenadora de Projetos (dmartins@inpacto.org.br).

Gostaria de se manter informado(a) através de notícias deste tipo? Preencha nosso formulário.