[gtranslate]
28 de outubro de 2022

Nota Pública – Garantir a liberdade de voto é um direito fundamental.

São Paulo, 27 de outubro de 2022.

Prezados associados, membros e apoiadores,

Desde sua fundação, o InPacto tem por missão trabalhar incessantemente para a erradicação do trabalho análogo ao escravo no Brasil e para promover o trabalho decente nas cadeias produtivas nacionais e internacionais que atuam no país.

Para tanto, propõe soluções para este problema social, fomenta o diálogo entre diversos atores, participa e desenvolve projetos e tecnologias sociais, para os mais diversos setores.

Contudo, sozinho, o InPacto não atingirá esse objetivo, pois o trabalho análogo ao de escravo será erradicado somente se TODOS os envolvidos estiverem realmente engajados nessa luta.

Somente por meio de instituições públicas fortes e preparadas, com leis justas e eficientes, com o setor privado e ações coletivas atuando forte e continuamente para promover ações efetivas que possam mudar o cenário é que o Brasil poderá migrar para uma realidade de justiça social, renda e inclusão.

Erradicar o trabalho análogo ao de escravo no Brasil importa no resultado da aplicação genuína da democracia no país. É trazer para a luz aqueles que vivem à margem da sociedade, oferecendo acesso a políticas públicas básicas como educação, saúde e serviço social, a fim de que tenham condições de exercer seus direitos e cidadania.

Democracia, em uma síntese muito apertada, é o exercício do poder por TODOS, e, portanto, garantir a liberdade de voto como um direito é fundamental. Assim o InPacto conclama seus associados para garantir esse direito lembrando que assédio eleitoral é crime.

É essa a jornada do InPacto. Atuar para mobilizar e engajar empresas para cumprirem seu papel e exercerem uma atuação socialmente responsável nessa frente, bem como em influenciar para que mecanismos eficazes e esforços do Estado democrático de direito brasileiro sejam ampliados e evoluam continuamente para o enfrentamento ao trabalho escravo e uma efetiva promoção de trabalho decente.

Atenciosamente,

Conselho Deliberativo do InPacto

Gostaria de se manter informado(a) através de notícias deste tipo? Preencha nosso formulário.

    Seu nome (obrigatório)
    Seu e-mail (obrigatório)
    Instituição/empresa que representa
    Como conheceu o InPACTO
    Qual é seu interesse